Close

julho 1, 2015

Bibliotecas escolares: aproximando os alunos

A biblioteca escolar é entendida como uma extensão pedagógica dos conhecimentos didáticos, mostra-se como unidade de primordial importância no incentivo e manutenção das práticas de leitura. Constituímos a biblioteca, portanto, como espaço democrático e de promoção do conhecimento.

Estímulo entre pares

Funções da Biblioteca Escolar

informação – fornecer informação de confiança, rápida e acessível; orientação na localização, seleção e utilização da informação
educação – promover a integração da informação no currículo escolar; facilitar o alargamento compreensivo da informação recolhida; promover educação contínua;
cultura – apoiar a experiência estética, orientar na apreciação da arte e encorajar a criatividade;
recreio – oferecer um espaço lúdico que permita a boa utilização do tempo de lazer, através da apresentação de materiais e programas de valor recreativo.

Com as mudanças ocorridas no mundo moderno, às Bibliotecas Escolares foram conferidas novas atribuições, pois estas tornaram-se também um espaço de aprendizagem do uso adequado da informação, pois a utilização da informação de modo preciso é de fato uma prática que requer habilidade, treinamento e instrução adequada.

Problemas da Biblioteca Escolar

Mau funcionamento da biblioteca na escola, que não oferece profissionais qualificados para condução do uso das bibliotecas, pois quando há um responsável pela biblioteca escolar, a média [dos níveis de leitura] aumenta, e quando os professores realizam atividades dirigidas nesse ambiente, há ganhos importantes e significativos na aprendizagem.
Falta de incentivo por parte dos professores, que resulta em desperdício do potencial pedagógico da biblioteca.
Pouca quantidade de bibliotecas na formação inicial do aluno (educação básica).

Estímulo entre pares

Pessoas entre as idades de 12 e 16 anos se enquadram na “forma operacional”, tendo como características: “Usar pensamento abstrato” – necessário para compreensão e construção do texto junto ao estímulo do autor; “pode generalizar” – a partir de um texto dado, a esse leitor é conferida a habilidade de sintetizar os elementos similares e reunir iguais, interpretando e resumindo um texto dado; e, finamente “formular uma hipótese” – a partir das leituras realizadas, vislumbrar possíveis respostas para as questões levantadas pelos textos. Os jovens nessa faixa etária já apresentam elementos críticos necessários para aproveitamento das leituras e por isso é interessante realizar tal atividade.

Situação atual

Mesmo com as recentes políticas de promoção dos hábitos de leitura, o Brasil ainda é muito deficitário no que tange a práticas nas Bibliotecas Escolares. Ações para aproximação do aluno com a biblioteca da escola são válidas, como o “estímulo entre pares”, para que dessa maneira possamos diminuir o distanciamento do leitor para com a leitura, construindo assim as bases para uma sociedade mais letrada, pois, segundo Paulo Freire (1979), “o homem só será capaz de transformar a realidade da sociedade em que vive, se descobrir que ela é modificável e que ele é capaz de modificá-la”. Ou seja, por meio da leitura o homem cria subsídios para desenvolver sua capacidade intelectual e prepara-se para enfrentar os problemas da sociedade em que está inserido.

Fonte

Deixe uma resposta