Close

Março 22, 2016

Livros eletrônicos para bibliotecas: modelos de negócio

Os modelos de negócio existentes para a compra de livros eletrônicos para bibliotecas são bem variados e incluem o acesso perpétuo, a assinatura, o empréstimo de curto prazo e a aquisição orientada pelo usuário.

O tipo de compra escolhido pela biblioteca, seja ele o acesso perpétuo ou a assinatura anual, deve ser adequado às necessidades informacionais dos usuários. Se a necessidade é de possuir a edição mais recente, a assinatura é o modelo adequado, principalmente se novas edições são publicadas com frequência e atualizadas ao longo do ano. O custo da assinatura é um gasto anual. Mas quando um livro tem um valor mais duradouro ou é publicado com pouca frequência, o acesso perpétuo é o modelo ideal. As grandes bibliotecas de pesquisa podem decidir ter uma coleção mais completa de livros eletrônicos e por isso se beneficiam do acesso perpétuo. Em bibliotecas onde os usuários desejam principalmente livros novos ou edições recentes, a combinação de acesso perpétuo e assinatura anual pode ser mais vantajosa.

É necessário decidir se o orçamento deve ser usado em uma coleção frequentemente atualizada ou para aumentar o número de títulos de livros eletrônicos disponíveis aos usuários. Dependendo da estrutura do orçamento, é possível fazer uma compra de fim de ano. Os vendedores de livros eletrônicos frequentemente vão às bibliotecas nessa época do ano oferecendo grandes descontos. Aproveitar essas ofertas pode ser a alternativa para expandir a coleção a um custo reduzido. No fim das contas, ambos os modelos devem ser estudados para garantir a seleção dos títulos desejados com uma otimização dos gastos.

Fonte