Close

Fevereiro 17, 2017

Bibliotecários e o uso das Hashtags

Como gestores da informação é fundamental que entendamos o funcionamentos das hashtags (#). Um importante recurso para atender as necessidades de informação dos usuários e otimizar a recuperação dessa informação.

Quando colocamos # e qualquer palavra, estamos nos hiperlinkando com todas as pessoas no mundo que têm interesse em determinado assunto, conceito, ideia ou que querem deixar registrado certo momento. E apesar de termos essa premissa como pressuposto, o mundo das hashtags está totalmente banalizado e esse símbolo que agrega, conecta e hyperlinka é muitas vezes utilizado de forma superficial e irrelevante, talvez porque os usuários não saibam e não entendem o poder que elas têm.

As # são nós de aprendizado bem dentro do conceito conectivista de George Siemens e Stephen Downes. A aprendizagem se dá na construção de conhecimento em conexão e está cada vez mais potencializada pelas tecnologias que temos disponíveis. Na verdade, cada # criada é um potencial ponto de conexão de um grupo e, consequentemente, de aprendizado.

O poder das Hashtags está nas conexões

A hashtag cria um link entre as pessoas que utilizam a mesma # e dá um sentido poderoso para os projetos que imaginamos e a forma como nos conectamos e usamos nossas palavras-chave. Lembre-se, então, que é possível imaginar e realizar projetos educacionais digitais incríveis apenas escolhendo qual a hashtag utilizar.

Fonte [1]