Close

novembro 9, 2015

Gestão da informação para inovação

A Informação tem sido considerada um elemento chave para competitividade das organizações, discute-se a importância da gestão da informação para a promoção da inovação. Acredita-se que os processos envolvidos na gestão da informação podem propiciar o desenvolvimento de inovações

Papel do profissional da informação (ou bibliotecário?)

Pode-se considerar que o desempenho inovador de uma organização é diretamente proporcional à sua capacidade de obter informação, processá-la e disponibilizá-la de forma rápida e segura.

Atualmente, na nova realidade mundial a informação é considerada o principal insumo para o desenvolvimento das organizações. Pode-se considerar a informação como um dos principais recursos para a competitividade, posição estratégica de mercado e de lucratividade. A relevância da informação para as organizações é universalmente aceita, constituindo, senão o mais importante, pelo menos um dos recursos cuja gestão e aproveitamento estão diretamente relacionados com o sucesso desejado.

É relevante destacar o que a inovação não é: inovação não é somente um invento, nem somente uma melhoria, tecnologias e muito menos somente uma ideia. Contudo, pode-se afirmar que estes elementos podem gerar insumos para o desenvolvimento de inovações. Pode dizer que inovação é o efeito causado por algum novo meio tecnológico, novo pensamento, novo conhecimento, nova ideia, nova forma de proceder aplicados em algo novo ou pré-existente que causa transformações benéficas para produtos, serviços, pessoas, organizações ou sociedade e que tenha aplicabilidades e resultados multifacetados e perceptíveis como inovadores .

No setor de serviços a inovação está associada diretamente em processos e a gestão da informação tem a condição de qualificar processos de forma a proporcionar agregação de valor ao processo decisório, pode-se entender que a gestão da informação tem a capacidade de proporcionar melhorias nas organizações que podem ter características que as definam como inovação.

APORTES TEÓRICOS DA GESTÃO DA INFORMAÇÃO

FLUXOS DE INFORMAÇÃO

Fluxo de informação consiste num processo de integração de toda a cadeia de produção de uma organização. Abrangendo desde o contato com o cliente com a captação das suas necessidades acerca do produto, percorrendo dentro da empresa pelos diversos setores como vendas, marketing, finanças, projetos, planejamento, recursos humanos, suprimentos e produção, além da comunicação com os fornecedores.

REDES

As organizações como um todo estão caminhando em direção à inovação aberta, a qual vínculos e conexões se tornam tão importantes quanto à própria produção e propriedade do conhecimento devido a necessidade de ampliar os canais de informação para ampliar a capacidade inovativa. Logo, o conceito de redes de informação se faz fundamental para entender a inovação aberta e auxiliar no fluxo de informação entre estas organizações.

INTELIGÊNCIA COMPETITIVA

A informação é na prática a única estratégica competitiva sustentável. No atual cenário de caos documentário, com o volume de informações cada vez mais crescente, entender o gotejamento informacional se faz indispensável. Desenvolver mecanismos para seleção das informações que realmente são relevantes e disseminar para as pessoas que interessam, dentro do formato que elas necessitam e no momento exato, tornou-se uma tarefa fundamental para qualquer organização.

Fonte

Deixe uma resposta