Close

Janeiro 15, 2016

Base de dados: tipos que caem nos concursos públicos

Questões sobre base de dados caem frequentemente nas provas, a maioria das vezes em questões objetivas, mas na última prova da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) caiu uma questão discursiva sobre o assunto. O importante aqui é fixar os fundamentos, isto é, os conceitos básicos para não cair nos ‘peguinhas’ que as bancas costumam fazer, colocam a definição correta para falar de outra coisa. Os conceitos abaixo são fundamentais para acertar as questões referentes a informática nas bibliotecas.

Tipos de bases de dados

Bases de dados de referências encaminham ou orientam o usuário para uma outra fonte, que pode ser um documento, uma instituição ou um indivíduo, afim de obter informações adicionais ou conseguir o texto integral de um documento. Esta categoria abrange alguns tipos muito diversos de bases de dados:

Bases de dados bibliográficos: que incluem citações ou referências bibliográficas e, às vezes, resumos de trabalhos publicados. Informam ao usuário sobre o que foi publicado e onde se publicou e, na hipótese de a base conter resumos, apresentarão uma síntese do conteúdo do documento original;

Base de dados catalográficos: que mostram o acervo de uma determinada biblioteca ou rede de biblioteca. Comumente, essas bases relacionam quais as monografias, títulos de periódicos e outros itens que a biblioteca possui em seu acervo, porém não proporcionam informações adicionais sobre o conteúdo desses documentos. As bases de dados catalográficos são um tipo especial de base de dados bibliográficos, porém, em virtude de sua orientação ser bastante diferente da de outras bases de dados bibliográficos convém identificá-las como uma categoria à parte;

Bases de dados referenciais: que referenciam informações ou dados, como nomes e endereços de instituições, e outros dados característicos de guias, cadastros, etc.

Bases de dados de fontes: contém os dados originais e constituem um tipo de documento eletrônico. Após ter feito uma consulta bem sucedida numa base de dados de fontes, o usuário terá em mãos as informações de que precisa, sem ter de ir buscá-las numa fonte original. Os dados encontram-se disponíveis quer em formato legível por computador, quer em formato impresso. As bases de dados de fontes podem ser agrupadas, segundo seu conteúdo, em:

  1. Base de dados numéricos, que contém dados numéricos de vários tipos, inclusive dados estatísticos e de resultados de pesquisas;
  2. Bases de dados de texto integral, que contém notícias de jornal, especificações técnicas, programas de computador, etc.;
  3. Bases de dados textuais e numéricos, que contém um mistura de dados textuais e numéricos.

Fonte: Biblioteca Eletrônica (ROWLEY)

Deixe uma resposta