Webinar da IFLA voltado para Bibliotecários

Pessoal, esse evento é muito importante para nossa profissão. Se tiverem oportunidade não deixem de assistir! Começa amanhã!

Por mais de três anos a IFLA Continuing Professional Development and Workplace Learning e a IFLA New Professionals Special Interest Group tem oferecido, com muito sucesso, diversos webinars abordando temas de interesse para bibliotecários, associações de bibliotecas, escolas de biblioteconomia, tomadores de decisões e profissionais atuando em bibliotecas. Agora, em parceria com a IFLA Latin American and the Caribbean Section e o Curso de Ciências da Informação e da Documentação e Biblioteconomia da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo, Campus Ribeirão Preto, tem o prazer de apresentar duas novas séries de webinars em português e espanhol propostos para 2014 visando chegar ao público latino americano e caribenho.

Seguindo nossa tradição de excelência, essa nova série de inclui especialistas de diferentes países apresentando programas de qualidades conforme apresentado a seguir.

Esperamos encontrá-los online, reservem as datas!

 (1ª série) Direitos de autor e bibliotecas: por que é importante manter-se informado

Assista a uma série de eventos on-line (em espanhol e/ou português) com especialistas e interessados no tema dos direitos autorais, que estarão apresentando uma visão geral sobre a situação da América Latina e Caribe, os últimos acontecimentos e temas da atualidade. Ademais, discutiremos por que é importante aos bibliotecários e profissionais de informação manterem-se informados acerca destes temas tão relevantes para o melhor desenvolvimento de nossas atividades.

Coordenadora das seções: Sueli Mara S.P. Ferreira – IFLA/LAC e USP

Moderadores espanhol: Maria Juliana Soto e Diego Caballero – Prensa Fundación Karisma e David Ramírez – Fundación Conector, ColombiaMaria Juliana Soto – Prensa Fundación Karisma, Colombia

Moderador português: José Eduardo Santarem Segundo – Universidade de São Paulo, Brasil

 3a. feira, 04 de novembro de 2014, 14h*

Palestrante: Alicia Ocaso-Ferreira

Tema: Informação sobre o panorama mundial, com base no trabalho que vem sendo desenvolvido pela IFLA e CLM nos foros mundiais. Relatos, assuntos de interesse e atualizações sobre o Creative Commons e a Wikimedia

Idioma: ESPANHOL

Biografia: Alicia é Presidenta da Asociacion de Bibliotecologos del Uruguay, Membro do Comité de Derechos de Autor y Asuntos Legales (CLM) da IFLA.

4a. feira, 5 de novembro de 2014, 14h*

Palestrante: Claudio Ruiz

Tema: Informação atualizada sobre o panorama atual dos direitos de Autor na América Latina e ultimas tendências

Idioma: ESPANHOL

Biografia: Claudio é Diretor Executivo da ONG Derechos Digitales, Chile. Dirige projetos vinculados a defensa e promoção dos direitos fundamentais envolvidos com a internet, particularmente a liberdade de expressão, direitos de autor e acesso ao conhecimento. Colabora com a IFLA em várias iniciativas internacionais. É profesor diplomado em Propriedade Intelectual.

 2a. feira, 10 de novembro, 2014, 14h*

Palestrante: Carolina Rossini

Tema: ABC dos direitos do autor, incluindo propostas de mudanças na LDA (Lei de Direitos de Autor no Brasil) e licenças aberta.

Idioma: PORTUGUES

Biografia: Carolina é Vice Presidenta de Direitos Internacionais e Estratégia na Public Knowledge. Tem mais de 14 anos de experiência em direito internacional, negociações de transações e política, com um enfoque específico para Internet, telecomunicações, propriedade intelectual e os direitos humanos. Também atua como associada ao Global Partners International Digital e como bolsista no New America Foundation Lab-X. Faz parte do advisory boards das seguintes instituições: Alliance for Affordable Internet (Deputy member), Open Knowledge Foundation tanto paramo Reino Unido como para o Brasil, Saylor Foundation nos EUA, Instituto Educadigital e o InternetLab esses dois ultimos no Brasil. Anteriormente, Carolina foi Diretora de Projetos do New America Foundation’s Open Technology Institute, e Diretora de Propriedade Intelectual Internacional no Electronic Frontiers Foundation (EFF), e bolsista no Berkman Center de Harvard University. Antes de se mudar para os EUA em 2007, Carolina trabalhou no Centro de Tecnologia e Sociedade como um coordenador do projeto, e como advogado de ISP da Telefônica no Brasil. Ela tem um LL.M.on IP da Universidade de Boston, um MBA pelo Instituto de Empresas e Mestrado em Negociações Econômicas Internacionais pela UNICAMP / UNESP, e um JD pela Universidade de São Paulo – USP.

 3a. feira, 11 de novembro, 2014, 14h*

Palestrante: Cristiana Gonçalvez

Tema: O debate internacional do direito de autor e os bibliotecários

Idioma: PORTUGUES

Biografia: Cristiana é pesquisadora sênior e doutoranda em Relações Internacionais na Universidade de São Paulo (USP). Fez mestrado em Sociologia na mesma universidade e trabalhou como pesquisadora nas áreas de direito autoral e privacidade por seis anos no GPOPAI- Grupo de Pesquisa em Política Públicas para o Acesso à Informação da Escola de Artes e Ciências Humanas da USP. Acompanha as negociações em direitos autorais e patentes na Organização Mundial de Propriedade Intelectual (OMPI) como representante da Civil Society Coalition (CSC), uma coalizão internacional de organizações de direitos dos consumidores, de interesse público e de defesa dos países em desenvolvimento. Foi assessora técnica no Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br) e atualmente compõe a Comissão Brasileira de Direitos Autorais e Acesso Aberto da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Associados (FEBAB)

4a. feira, 12 de novembro, 2014, 14h*

Palestrante: Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

Tema: O direito autor e as publicações em novos formatos

Idioma: PORTUGUES

Biografia: Sueli Ferreira é Professora Titular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, orientadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da mesma Universidade. Doutora em Ciências da Comunicação. Diretora do Sistema Integrado de Bibliotecas no período de 2010 a 2013. Membro do Comitê Latino Americano de do Caribe da IFLA (IFLA LAC) e da Comissão Brasileira de Direitos Autorais e Acesso Aberto da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Associados (FEBAB)

 (2ª série) Tendências Reportadas pela IFLA

As tendências futuras discutidas no Relatório IFLA Ttrends lançado em 2013 são de natureza tal que se alteram continuamente. Bibliotecários de todo o mundo, continuam acompanhando tais tendências e discutindo como elas impactam as bibliotecas e os serviços que oferecem. Nesses webinars, vamos debater as ultimas atualizações apresentadas pela IFLA, em Lyon, 2014.

Coordenadora das seções: Sueli Mara S.P. Ferreira – IFLA/LAC e USP

Moderadora espanhol: Loida Garcia-Febo, Junta de Gobierno de IFLA, CPDWL, NPSIG

Moderador português: Claudiane Weber, UFSM e USP.

2a. feira, 17 de novembro, 2014, 14h*

Palestrante: Jesus Lau

Tema: Futuro: uma estrada com muitos caminhos

Idioma: ESPANHOL

Biografia: Ganhador da Medalha IFLA 2014. Bibliotecário de reconhecimento internacional. Diretor de bibliotecas. Pesquisador. Escritor. Professor na área de biblioteconomia. http://jesuslau.com

 3a. feira, 18 de novembro, 2014, 14h*

Palestrante: Sueli Mara Soares Pinto Ferreira

Tema: Tendências e mudanças no ambiente informacional.

Idioma: PORTUGUES

Biografia: Sueli Ferreira é Professora Titular da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo em Ribeirão Preto, orientadora do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da mesma Universidade. Doutora em Ciências da Comunicação. Diretora do Sistema Integrado de Bibliotecas no período de 2010 a 2013. Membro do Comitê Latino Americano de do Caribe da IFLA (IFLA LAC) e da Comissão Brasileira de Direitos Autorais e Acesso Aberto da Federação Brasileira de Associações de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Associados (FEBAB).

INSCRIÇÃO: Não é necessário inscrição antecipada, ela será feita durante o evento para aqueles que necessitarem de certificados de participação. Orientações sobre tal procedimento serão fornecidas durante o webinar.

————————–

ACESSO: Os participantes poderão assistir os eventos no link:http://iptv.usp.br/portal/transmissao/iflalac

Todas as sessões terão a duração de UMA hora, logo após as apresentações serão dedicados 20 minutos para perguntas e comentários dos participantes, as quais poderão ser enviadas, durante todo o evento, para o email: iflalac.webinar@gmail.com

—————————————

*IMPORTANTE:

– Os horários aqui marcados correspondem a Brasilia.

– Verifique o horário em outras localidades da América Latina em: http://www.timeanddate.com/worldclock/custom.html?continent=samerica

– Horários ao redor do mundo: http://www.timeanddate.com/worldclock/

—————————————-

Perguntas e pedido de informação com as coordenadoras das séries:

Loida Garcia-Febo – loidagarciafebo@gmail.com

Sueli Mara S. P. Ferreira – sueli.ferreira@gmail.com

 Equipe de trabalho:

Loida Garcia-Febo, Junta de Govierno de IFLA, IFLA CPDWL, NPSIG

Sueli Mara Ferreira, IFLA LAC e FFCLRP/USP

José Eduardo Santarem Segundo, FFCLRP/USP

Sigrid Karin Weiss Dutra, Presidenta IFLA LAC

Silvia Cecilia Anselmi, Secretaria IFLA LAC

Juanita Jara de Sumar, IFLA CPDWL

________________________

Mais informações e acesso aos vídeos de webinars passados: “New Librarians Global Connection: best practices, models and recommendations.”

 Versión en español

English version

Vi primeiro no Mundo Bibliotecário

Fonte

Posted in Biblioteca, Bibliotecário, Biblioteconomia, Evento, IFLA, Webinar | Leave a comment

Concursos públicos abertos com vagas para o cargo de bibliotecário

Achei interessante a Polícia Militar de Santa Catarina abrir vaga para Bibliotecário. Deve ser interessante trabalhar nessa área.

Concursos Bibliotecário

Lista de concursos públicos abertos com vagas para o cargo de bibliotecário

Órgão UF Vagas
Prefeitura de Caldas Novas GO 345
Tribunal de Justiça da Bahia BA 200
Câmara Municipal de Porto Alegre Bibliotecário e Procurador RS 3
Polícia Militar SC 59
Prefeitura da Lapa PR 97
Prefeitura de Araçuaí MG 176
Prefeitura de Cerro Largo RS 19
Prefeitura de Fundão ES 152
Prefeitura de Ilhabela SP 323
Prefeitura de Itabirito MG 288
Prefeitura de Itapetininga SP 276
Prefeitura de Martinópole CE 295
Prefeitura de Miranorte TO 184
Prefeitura de Tamandaré PE 275
Prefeitura de Taquarituba SP 88
Prefeitura de Vera Cruz RS 4
Prefeitura de Vieiras MG 48
UNCISAL AL 324
Posted in Biblioteca, Bibliotecário, Biblioteconomia, Concurso público | Leave a comment

10 melhores livros da literatura brasileira

Lista importante para os Bibliotecários de Referência!

O Dia Nacional do Livro é comemorado nesta quarta-feira, em homenagem à data de fundação da Biblioteca Nacional, 29 de outubro de 1810. Nesses 204 anos, incontáveis obras foram publicadas de Norte a Sul, evidenciando a qualidade da literatura nacional. E sabe quais são as principais obras? É difícil definir, mas o Terra, em parceria com a Nuvem de Livros, elencou dez que são essenciais.

Confira a lista:

1. Dom Casmurro, de Machado de Assis
O romance é narrado em primeira pessoa por José Bento, o Bentinho (apelidado, na velhice, de Dom Casmurro, por viver recluso e solitário), que tenta reviver emoções afetivas com o objetivo de reconstituir o passado e sua história amorosa com Capitolina (apelidada Capitu). Torturado pelo ciúme, por não saber se Capitu havia ou não o traído com o amigo Escobar, Bentinho não consegue mais suportar a presença da mulher e do filho Ezequiel. Decide, então, separar-se deles.

Em seguida, faz uma viagem com a família à Europa, onde ficam Capitu e Ezequiel. Bentinho volta sozinho ao Brasil. Após alguns anos, Capitu morre, sem ter retornado ao País ou revisto o marido. Ezequiel, já moço, faz uma única visita ao pai, morrendo pouco depois numa viagem de estudos ao Oriente. Bentinho, já velho, fecha-se cada vez mais na sua vida solitária, quando passa a ser chamado de Dom Casmurro. É nessa fase que decide escrever a história de sua vida.

2. Amálgama, de Rubem Fonseca
Em ‘Amálgama’, mais novo livro de contos de Rubem Fonseca, residem todos os elementos (o erotismo, a violência, a velocidade narrativa, o clima noir) que consagraram o autor de Lúcia McCartney. Rubem Fonseca consegue construir uma narrativa que se desenha ao longo dos contos e, ineditamente, das poesias. Personagens e situações unidos pela tristeza, pela dor, pela raiva, pelo fracasso, pela ternura e pelo amor, um verdadeiro amálgama de vidas que se constroem e se destroem num instante.

3. Macunaíma, de Mário de Andrade
Mario de Andrade publicou ‘Macunaíma’ em 1938. Por falta de editora, a tiragem do romance foi de apenas 800 exemplares, mas o livro foi festejado pela crítica modernista por sua inovação narrativa e de linguagem. Macunaíma é o herói sem caráter, símbolo de um povo que não descobriu sua identidade. Uma releitura do folclore, das lendas e mitos do Brasil, escrita numa linguagem popular e oral.

4. Vestido de noiva, de Nelson Rodrigues
‘Vestido de noiva’ consolidou Nelson Rodrigues como um dos nomes mais importantes da dramaturgia nacional. Enquanto se recupera no hospital depois de ser atropelada, Alaíde é assombrada por lembranças de seu passado conflituoso e as de madame Clessi, uma prostituta do começo do século 20. Encenado pela primeira vez em 1943, Vestido de noiva, que se articula em três planos cênicos (alucinação, memória e realidade), foi o primeiro grande sucesso de público de Nelson Rodrigues.

5. Triste fim de Policarpo Quaresma, de Lima Barreto
Patriota doente, Quaresma teria enlouquecido se a Revolta da Armada não lhe desse a oportunidade de provar seu amor à pátria. Mas que pátria? Funcionários civis e militares sugando o Estado em benefício próprio? Criticando os costumes políticos brasileiros, o romance enfatiza a necessidade de se repensar nossa realidade social, constituindo um grito de protesto em meio à indiferença geral.

6. Morangos mofados, de Caio Fernando Abreu
A busca, a dor, o fracasso, o encontro, o amor e a esperança estão presentes na série de contos que se entrelaçam como se fossem um romance nesta obra.

7. Grande sertão: Veredas, de Guimarães Rosa
Na obra de Guimarães Rosa, o sertão é visto e vivido de uma maneira subjetiva e não apenas como uma paisagem a ser descrita, ou como uma série de costumes que parecem pitorescos. Sua visão resulta de um processo de integração entre o autor e a temática. Dessa integração a linguagem é o reflexo principal. Para contar o sertão, Guimarães Rosa utiliza-se do idioma do próprio sertão, falado por Riobaldo em sua narrativa. São os elementos básicos da condição humana que, em última análise, encontramos em ‘Grande Sertão – Veredas’ o que ela tem de mais fundamenta: o amor, a morte, o sofrimento, o ódio, a alegria.

8. Reinações de Narizinho, de Monteiro Lobato
Reinações de Narizinho, um clássico da literatura infantil brasileira que continua atual como nunca, reúne histórias escritas por Monteiro Lobato em 1920. O livro narra as primeiras aventuras que acontecem no Sítio do Picapau Amarelo e apresenta Emília, a boneca de pano tagarela e sabida; Tia Nastácia, famosa por seus deliciosos bolinhos; Dona Benta, uma avó muito especial; e sua neta Lúcia, a menina do nariz arrebitado. Lúcia, mais conhecida como Narizinho, é quem transporta os leitores a incríveis viagens pelo mundo da fantasia.

Tudo começa com uma inesperada visita da neta de Dona Benta ao Reino das Águas Claras e com a chegada de seu primo, Pedrinho, ao Sítio, para mais uma temporada de férias. Depois do passeio pelo Reino das Águas Claras, as reinações de Narizinho ficam ainda melhores. As crianças se divertem fazendo o Visconde com um sabugo de milho e planejando o casamento de Emília com o leitão Rabicó.

9. Horas de desespero, Pedro Bandeira
Um grupo de presidiários foge da prisão levando o diretor como refém. Um dos condenados sugere que o grupo se esconda na escola da favela, onde ele estudou e que conhece muito bem. Os alunos e professores também são feitos reféns e a polícia cerca a escola. Os bandidos ameaçam matar as crianças, caso seus pedidos não sejam atendidos. Somente com muita coragem e heroísmo essa situação poderá ser resolvida sem que vidas sejam perdidas.

10. A morte e a morte de Quincas Berro D’Água, de Jorge Amado
Se arte tenta, sem entrar em discussões conceituais, ao menos abarcar com força os seres humanos, mudá-los de lugar, fazê-los sentir cheiros e gostos, ter novos questionamentos e anseios, então, não há dúvidas: ‘A Morte e a Morte de Quincas Berro D’Água’ é uma obra de arte da maior grandeza. Neste curto romance, Jorge Amado conta a história da morte (ou das mortes, como saberá o ouvinte) de Quincas Berro D’Água.

Quincas é um funcionário público que deixa a enfadonha vida em família e o dia-a-dia burocrático para viver como bem entende, bebendo cachaça e amando as mulheres e o mar. Sua morte põe em xeque os valores e sentimentos da família, dos amigos e da própria sociedade. Quem é o defunto? É o respeitável funcionário Joaquim? Ou o vagabundo beberrão que vagava pelas ruas de Salvador? O ligeiro sotaque da atriz Nevolanda Pinheiro, também nascida na terra de Jorge Amado, encarrega-se de ressaltar o recheio de humor e lirismo que o escritor baiano usa para contar direitinho como tudo aconteceu. Por que a fama de Quincas correu o mundo? De onde veio o apelido de Berro D’Água? Quem eram seus amigos, sua família e sua companheira? Por fim, como foi que Quincas morreu?

Fonte

Posted in Leitura, Literatura Brasileira, Livro | Leave a comment

[CONCURSOS] Questão sobre Licitações

Questão do Cespe que aborda a lei de licitações 8.666/1993 e a aquisição de livros, importante dominar não só para resolver questões de concursos mas também no dia a dia do serviço. Quem trabalha no Setor de Seleção/Aquisição sabe que comparar livro na Administração Pública é algo bem complicado.

Julgue os itens subseqüentes, que se referem ao uso de tipos e modalidades de licitação para aquisição de material bibliográfico.

1. A licitação para aquisição de livros por compra deve ser do tipo melhor técnica.

2. A modalidade de licitação denominada pregão aplica-se à aquisição de material bibliográfico, desde que o valor estimado de contratação não ultrapasse o teto definido por lei para essa modalidade.

Resposta: 1. Errado e 2. Errado

Item 1: Não existe esse tipo “melhor técnica”. Acredito que o avaliador tentou confundir em falar de “tipo” e não em modalidade. Peguinha clássico do Cespe, mas tranquilo de sair.

Item 2: Esse item foi mais sutil, aqui está errado porque Pregão não tem nenhum limite de valor ou “teto” estabelecido na Lei.

Posted in 8.666/93, Aquisição de Livros, Biblioteca, Concurso público, Lei de Licitações | Comments Off

SNBU 2014

Está chegando pessoal! O Seminário Nacional de Bibliotecas Universitários 2014 começa no dia 16 de novembro lá em Belo Horizonte. Confiram a programação:

Domingo – 16/11/2014

8h Credenciamento
9h – 18h Eventos Simultâneos
8h30 – 12h30 Minicursos
12h30 – 14h Almoço
14h – 18h Minicursos
20h – 22h Solenidade de Abertura
Conferencista: Peter Burke, Universidade de Cambridge – EUA
Conferência: Arqueologia do Conhecimento e Arqueologia de Bibliotecas
22h-24h Coquetel de congraçamento. Apresentação musical.
Local: Teatro Topázio do Minascentro – Av. Augusto de Lima, 785

Segunda – 17/11/2014

Organização da informação, práticas colaborativas e redes de conhecimento: Desafios à atuação bibliotecária
Eixo temático: Organização e serviços de informação
9h-12h Eventos Simultâneos
9h – 10h Conferencista: Juan Carlos Fernández Molina, Universidade de Granada – Espanha
Conferência: Contribuição da biblioteca universitária ao uso ético e legal da informação no meio acadêmico
10h10 – 10h30 Coffee Break
10h30 – 10h40 Momento do Patrocinador Ouro
10h40 – 12h Mesa Redonda: Organização da informação e do conhecimento em contextos colaborativos e integrados em rede
Mariângela Spotti Lopes Fujita, Universidade Estadual Paulista (Unesp)
Simone Aparecida dos Santos, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Cristina Dotta Ortega, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
12h – 14h Almoço
14h – 16h Comunicação Oral / Pôster (Segunda-feira)
16h – 16h30 Coffee Break
16h30 – 18h05 Comunicação Oral / Pôster (Segunda-feira)
18h10  Apresentação cultural

Terça – 18/11/2014

Políticas de informação e autonomia científica: questões para reflexão 
Eixos temáticos: Leis de acesso público à informação e Gestão de Bibliotecas Universitárias
9h-12h Eventos Simultâneos
9h – 10h  Conferencista: Marie Pellen,  Centre National de la Recherche Scientifique  (CNRS) – OpenEdition
Conferência: OpenEdition: um portal para as ciências sociais e humanas em acesso aberto
10h10 – 10h30 Coffee Break
10h30 – 10h40 Momento do Patrocinador Ouro
10h40 – 12h Mesa Redonda: Acesso e gestão da informação em instituições superiores de ensino e pesquisa
Hélio Kuramoto, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Rosaly Favero Krzyzanowski, Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp)
Maria Aparecida Moura, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
12h – 14h Almoço
14h – 16h Comunicação Oral / Pôster (Terça-feira)
16h – 16h30 Coffee Break
16h30 – 18h05 Comunicação Oral / Pôster (Terça-feira)
18h10  Apresentação cultural

Quarta – 19/11/2014

Comunicação científica: padrões internacionais, diálogos e  repercussões locais
Eixo temático: Comunicação científica
9h-18h Eventos Simultâneos
9h – 10h  Conferencista: Antônio Agenor Briquet de Lemos, Universidade de Brasília (UnB)
Conferência: A comunicação científica nos dias atuais: de produto a comoditty
10h10 – 10h30 Coffee Break
10h30 – 10h40 Momento do Patrocinador Ouro
10h40-12h  Mesa Redonda: Comunicação científica, inovação e direito autoral
Luís Paulo Bogliolo Piancastelli de Siqueira, Secretaria-Executiva do Ministério da Cultura (MinC)
Elenara Chaves Edler de Almeida, Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes)
Kátia Cristina da Silva Vaz, Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep)
12h – 14h Almoço
14h – 16h Comunicação Oral / Pôster (Quarta-feira)
16h – 16h30 Coffee Break
16h30 – 18h05 Comunicação Oral / Pôster (Quarta-feira)
20h  Baile de confraternização

Quinta – 20/11/2014

Bibliotecas Universitárias:  intermediação e produção do conhecimento  em  tempos de conexões digitais
Eixo temático: Tecnologia
9h-18h Eventos Simultâneos
9h – 10h  Conferencista: Murilo Bastos da Cunha, Universidade de Brasília (UnB)
Conferência: A Biblioteca Universitária e a gestão de dados científicos
10h10 – 10h30 Coffee Break
10h30 – 10h40 Momento do Patrocinador Ouro
10h40 -12h Mesa Redonda: Novas agendas de atuação e os perfis profissionais em Bibliotecas Universitárias
Ricardo Lemos Soares, Fundação Dorina Nowill para Cegos (FDNC)
Lillian Maria Araújo de Rezende Alvares, Universidade de Brasília (UnB) /Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict)
Waldomiro de Castro Santos Vergueiro, Universidade de São Paulo (USP)
12h – 14h Almoço
14h – 16h Comunicação Oral / Pôster (Quinta-feira)
16h – 16h30 Coffee Break
16h30 – 18h05 Comunicação Oral / Pôster (Quinta-feira)
18h10 Apresentação cultural

Sexta – 21/11/2014

Ética, conhecimento e cultura informacional: o papel das Bibliotecas Universitárias
9h – 10h Conferencista: Ladislau Dowbor, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP)
Conferência: Ética da informação na era contemporânea: considerações sobre os dilemas éticos e as questões profissionais
Conferencista: Lídia Alvarenga, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
Conferência: Ética na Sociedade e na Ciência da Informação
10h – 12h Sessão de encerramento:
Pronunciamento do Presidente do XVIII SNBU
Apresentação do relatório do Observador Internacional
Apresentação do relatório do Observador Nacional
Apresentação do relatório geral do evento
Escolha da sede do XIX SNBU
Apresentação Cultural
Coquetel de encerramento
14h – 17h Visita técnica 1: Biblioteca Universitária e Central – UFMG
Visita técnica 2: Biblioteca do Museu de História Natural – UFMG

Fonte

Posted in Biblioteca Universitária, Bibliotecário, Biblioteconomia, Evento, SNBU 2014 | Leave a comment

Atualização dos profissionais de Bibliotecas

Divulgando o projeto Capacitação e Atualização Profissional para Bibliotecários, Técnicos e Auxiliares de Bibliotecas, ótima iniciativa para nós profissionais de Bibliotecas. Quanto mais respostas tiver mais parâmetros o pesquisador vai ter! É bem rápido, eu já respondi.

Questionário busca identificar demandas de atualização de bibliotecários, técnicos e auxiliares de bibliotecas

O projeto de extensão “Capacitação e Atualização Profissional para Bibliotecários, Técnicos e Auxiliares de Bibliotecas” disponibilizou um questionário on-line para coleta de dados, com o objetivo de identificar a demanda e a necessidade de atualização desses profissionais.

A partir da pesquisa, será possível propor cursos para capacitação de curta, média e longa duração, além de organizar eventos com temas emergentes e consolidados na área, com a presença de profissionais e pesquisadores da Biblioteconomia.

Desenvolvido no Departamento de Estudos e Processos Biblioteconômicos, na Escola de Biblioteconomia e no Programa de Pós-Graduação em Biblioteconomia da UNIRIO, o projeto tem coordenação da professora Naira Silveira. Para colaborar, basta responder, até o dia 30 de outubro, às questões disponíveis na página da pesquisa.

Fonte

Posted in Bibliotecário, Biblioteconomia, Pesquisa | Leave a comment

Concursos públicos abertos com vagas para o cargo de bibliotecário

Lista de concursos públicos abertos com vagas para o cargo de bibliotecário

Órgão UF Vagas
Prefeitura de Caldas Novas GO 345
Câmara Municipal de Porto Alegre RS 3
Prefeitura de Araçuaí MG 176
Prefeitura de Fundão ES 152
Prefeitura de Itabirito MG 288
Prefeitura de Itapetininga SP 276
Prefeitura de Jardim de Piranhas RN 114
Prefeitura de Mauá SP 219
Prefeitura de Pacajus CE 224
Prefeitura de Pereira Barreto SP 3
Prefeitura de Tamandaré PE 275
Prefeitura de Três Coroas RS 30
Prefeitura de Vieiras MG 48

 

Posted in Biblioteca, Bibliotecário, Biblioteconomia, Concurso público | Comments Off

Vídeo aulas de Biblioteconomia

Já viram esse canal EAD Pernambuco? Tem várias vídeo aulas sobre Biblioteconomia, vale a pena dar uma olhada.

Vejam essa aula sobre Introdução à Biblioteconomia:

Posted in Biblioteconomia, EAD Pernambuco, Vídeo Aula | Leave a comment

Como estudar: uma disciplina por vez ou várias ao mesmo tempo?

Quando eu estava estudando tive essa dúvida. Será que eu mato um assunto todo de uma vez ou estudo várias coisas ao mesmo tempo, fazendo uma espécie de revezamento entre os conteúdos?

Instintivamente começei a estudar várias coisas ao mesmo tempo, simplesmente porque estudar 3 a 4 horas um mesmo conteúdo é muito chato! Depois que fiz um cursinho preparatório foi que eu confirmei que estava fazendo o correto. TODOS os professores sugeriram dividir as disciplinas a serem estudadas e fazer um revezamento entre elas durante a semana.

Ao que parece o seu poder de concentração será melhor se você dividir seus estudos. Quando você muda de conteúdo, o fato de estar estudando algo novo tem um impacto no cérebro fazendo-o liberar dopamina que é um neurotransmissor que te ajuda a manter o foco, ou manter a atenção no que você está fazendo.

A medida que você estuda coisas novas você também está ‘treinando’ o seu cérebro. Aumentando sua capacidade de fixação e ligação entre os temas. Além disso você consegue fechar todos os conteúdos do edital mais ou menos ao mesmo tempo e vai para a prova com os conteúdos relativamente ‘frescos’ na cabeça, o que também é muito importante.

A ferramenta Tuctor é um software que pode ajudar você a organizar seus estudos. Eu nunca usei, mas os depoimentos são interessantes. Cada pessoa tem a sua forma de estudar, mas aplicar algumas boas práticas vai dar o empurrão que você está precisando para conquistar a sua vaga.

Dica bônus: essa alguns de vocês devem saber, pelo menos os que já fizeram cursinho. Mas para os que estão começando a estudar para concurso agora lembre-se de estudar Direito Constitucional ANTES do Direito Administrativo. Estudar Constitucional primeiro facilita em muito a compreensão do Direito Administrativo.

Bons estudos!

Posted in Concurso público, Metodologia de estudo | Leave a comment

O estado da Biblioteconomia

Palestra de Moreno Barros! Graduado em Biblioteconomia e Documentação pela UFF e mestre em Ciência da Informação pelo IBICT/UFF. Vale a pena assistir, afinal são poucos os materiais que a gente tem falando sobre nossa formação. É interessante ver a visão de um par. Normalmente ouvimos apenas o que nossos professores tem a dizer sobre o estado atual da Biblioteconomia, mas esquecemos que há uma outra geração de profissionais da informação muito capazes e habituados com as novas tecnologias.

Posted in Biblioteconomia, Palestra | Leave a comment