Close

Abril 2, 2012

Papel eletrônico: será que vinga?

Confesso que por essa eu não esperava, com os e-readers em voga achei que a tendência ia mais para o desenvolvimento de novos tablets, e agora a LG vem com essa novidade. Pessoalmente não gostei muito e acho que não é agora que vamos presenciar o fim do papel.

Papel eletrônico chegando

01/04/2012

Produção em massa de displays flexíveis de e-paper viabiliza produto barato.

Sergio Kulpas

Segundo o site Mashable, a empresa coreana LG vai lançar um display de papel eletrônico (EPD, na sigla em inglês) em abril na Europa.

A tela de EPD terá 6 polegadas, espessura de 0,7 milímetro, resistente a riscos e com resolução de 1024×768. Ao contrário das tecnologias que usam telas rígidas de vidro ou polímero, como tablets e e-readers, o papel eletrônico da LG poderá ser dobrado em até 40 graus do centro.

De acordo com o Extreme Tech, o display usa a tecnologia e-ink, a mesma empregada nos e-readers Kindle e Nook.

A combinação da tela flexível com o e-ink permite um produto barato e de consumo muito baixo de energia.

O site ComputerWorld informou em novembro que tanto a LG como a Samsung lançaram protótipos de displays flexíveis em um evento no Japão. O produto da Samsung usa OLED, uma tecnologia onde os pixels geram luz com uma pequena carga elétrica.

A tecnologia de display flexível pode causar uma mudança radical nos livros e publicações eletrônicas, incluindo jornais e revistas. A tela leve e dobrável pode ser um atrativo para os leitores que ainda preferem publicações impressas.

Com um painel de EPD de tamanho padrão (revista ou tabloide), será mais fácil criar versões digitais das publicações tradicionais.

O lançamento do produto na Europa será um bom laboratório para avaliar o sucesso da tecnologia.

Fonte: Webinsider

Deixe uma resposta