Close

dezembro 29, 2015

Bibliotecários de 2016

Que tipo de profissionais vamos ser em 2016?

O mundo tem passado por mudanças que acontecem cada vez mais rápidas. Bibliotecários que somos devemos acompanhar essas mudanças. Devemos provocar mudanças.

Esse ano vi vários colegas se esforçando para fazer um bom trabalho. Nem sempre somos valorizados mas continuamos tentando. Pelo menos alguns de nós.

Eu tenho tido minhas dúvidas, embora sempre tenha me visto como um bibliotecário que trabalha fora da biblioteca, hoje me encontro gerenciando uma biblioteca especializada na administração pública e me sinto um pouco desmotivado. Burocracias.

É óbvio que vamos ter que mudar. O bibliotecário virou um profissional camaleão. Ela pode trabalhar com inteligência competitiva na Natura como também pode atender no balcão de um escola técnica no interior do Piauí.

Nossa profissão é um constante desafio. A informação já está sendo valorizada pelas próximas gerações. Precisamos fazer com que ela chegue as pessoas certas na hora certa. Falando em desafio!

Bibliotecas também estão mudando. Lembram das 5 leis da Biblioteconomia? Gosto muito da ideia de biblioteca como makerspace. Vou tentar implementar ano que vem onde trabalho.

Quanto de vocês são frustrados? Não porque você odeia o que faz mas porque simplesmente não deixam você fazer o seu trabalho.

Fazer do Brasil uma país melhor. Essa é nossa missão. Moleza, né? Não mesmo! Mas a gente vai pro balcão de referência todos os dias para tentar. Missão dada é missão cumprida.

Desejo a todos os Bibliotecários um ótimo 2016. Nos esbarramos por aí.

Filipe