Close

janeiro 21, 2015

MEC e os livros didáticos

Os Bibliotecários das instituições de ensino devem ficar atentos aos prazos. Mais informações sobre como aderir ao programa (PNDL) AQUI.

MEC distribuirá 150 milhões de livros didáticos pelo País
20 JAN 2015 22h57 atualizado às 09h37

Ao todo, 147 mil escolas públicas receberão mais de 150 milhões de livros, que serão utilizados por 37 milhões de alunos.
Foto: Shutterstock

Até o fim de fevereiro, 147 mil escolas públicas de todos os municípios do País receberão mais de 150 milhões de livros didáticos para o ano letivo de 2015. Eles serão utilizados por 37 milhões de alunos dos ensinos fundamental e médio.

As obras serão distribuídas no âmbito do Programa Nacional do Livro Didático (PNDL), do Ministério da Educação (MEC), e distribuídas pelos Correios.

Segundo Marcos Silveira, gerente corporativo de Operações dos Correios, a operação de distribuição dos livros envolve seis mil funcionários, transportando 90 mil toneladas de carga em caminhões, vans, aviões e barcos.

“O processo se inicia quando o FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) contrata as gráficas que produzem os livros. Este ano recebemos pacotes de 32 gráficas e, a partir daí, começamos a entrega”, explicou Silveira.

Ele acrescentou que os livros são entregues diretamente nas escolas das zonas urbanas e nas secretarias de educação locais, quando têm de ser redistribuídos para as zonas rurais. “A operação, sob responsabilidade dos Correios há 21 anos, envolve mais de 120 mil viagens. Em algumas regiões, como na Amazônia, utilizamos até barcos para que os livros cheguem antes do início das aulas”.

Conforme a empresa, metade dos livros já foi entregue. De acordo com o MEC, as escolas decidem, entre os títulos disponíveis, os que melhor atendem ao projeto pedagógico. A cada três anos, diferentes ciclos do ensino recebem livros novos, alternando os anos iniciais do ensino fundamental com os finais do ensino fundamental ou ensino médio.

Fonte

Deixe uma resposta