Comissão aprova medidas compensatórias para quem trabalha em biblioteca

Boa notícia! Agora é acompanhar a tramitação. Que esse projeto vire uma realidade.

A Comissão de Trabalho, de Administração e Serviço Público aprovou projeto do deputado Uldurico Junior (PTC-BA) que obriga o Ministério do Trabalho a criar regras complementares para proteção das pessoas que trabalham em arquivos, bibliotecas, museus e centros de documentação e memória.

A proposta (PL 1511/15), que altera a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT, Decreto-lei 5.452/43), recebeu parecer favorável do relator na comissão, deputado Ronaldo Lessa (PDT-AL). O objetivo do projeto é permitir que os profissionais recebam adicional de insalubridade, a ser definido em norma do ministério.

Lessa explicou que museus, arquivos e bibliotecas são locais onde proliferam microrganismos como fungos e bactérias, que afetam a saúde dos trabalhadores.

Tramitação
O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado agora na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania.

ÍNTEGRA DA PROPOSTA:

  • PL-1511/2015
Reportagem – Janary Júnior
Edição – Luciana Cesar

A reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura ‘Agência Câmara Notícias‘
Open modal
Esta entrada foi publicada em Biblioteca, Bibliotecário, Biblioteconomia e marcada com a tag , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta